www.jn.ptjn.pt - 5 jul. 16:30

Governo garante água para consumo humano nos próximos dois anos

Governo garante água para consumo humano nos próximos dois anos

O Governo assegurou esta terça-feira que Portugal tem água disponível para consumo humano para os próximos dois anos. Apesar da garantia, admitiu racionamentos em determinadas zonas do país e em alguns usos, como a agricultura, conforme noticiou esta terça-feira o JN.

A certeza foi dada por João Catarino, secretário de Estado da Conservação da Natureza, das Florestas e Ordenamento do Território, na consequência de uma visita ao concelho de Terras de Bouro, distrito de Braga, onde foi assinalar a melhoria das condições de visitação do Parque Nacional da Peneda Gerês.

Questionado sobre haver "barragens próximas do volume morte" (reserva técnica que fica abaixo dos canos de captação), ou de o nordeste transmontano estar em alerta e com ameaça de corte de água durante a noite, segundo o que o JN apurou, o governante assegura água para fins de consumo para os próximos dois anos, sem contar com a chuva.

João Catarino revela que "garantimos que não vai faltar água para consumo humano." Remata ainda que " Portugal tem hoje condições para garantir que não faltará água para consumo humano, mesmo que as condições se mantenham, e, que, pelos vistos, se vão agravar".

Consciente de que há menos água disponível, o secretário defende que é preciso haver um uso "mais eficiente" e admite o racionamento de água em determinadas zonas do país.

"Em casa, na rega dos espaços públicos, na agricultura. Temos de ter consciência que se a água é menos, temos de gastar muito menos. Ao Governo compete garantir o consumo humano de água e esse está garantido para dois anos, para este ano e para o [próximo] ano, mesmo que não chovesse este ano e no próximo, que esperamos não aconteça, de forma alguma", declarou o governante.

Relativamente ao racionamento da água, João Catarino diz que isso é possível de existir para alguns usos, mas para o consumo humano, o Governo estará atento. "Serão utilizadas todas as formas alternativas, se as condutas que estão estabilizadas não forem suficientes. Mas, o Governo está em condições de garantir que não haverá falta de água para consumo humano durante o verão, sem dúvida", afirmou João Catarino.

O secretário alertou ainda para a onda de calor que está prevista para os próximos dias, a qual, conjugada com a situação de seca, vai criar condições de risco extremo de incêndio.

"Alertava para o facto de termos muito cuidado com a utilização de alguns instrumentos, nomeadamente em termos agrícolas ou florestais, que possam provocar ignições nos próximos dias, porque as condições vão agravar-se substancialmente", sublinhou o governante. João Catarino ressalta também que a seca e os incêndios florestais "são duas preocupações permanentes do Governo".

NewsItem [
pubDate=2022-07-05 15:30:00.0
, url=https://www.jn.pt/nacional/governo-garante-agua-para-consumo-humano-nos-proximos-dois-anos-14994609.html
, host=www.jn.pt
, wordCount=391
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2022_07_05_1560040493_governo-garante-agua-para-consumo-humano-nos-proximos-dois-anos
, topics=[seca, água, governo, �gua, nacional]
, sections=[sociedade]
, score=0.000000]