www.jn.ptjn.pt - 3 jul. 01:02

À espera do PSD

À espera do PSD

Os dias que antecederam o congresso do PSD não poderiam ter corrido melhor a Luís Montenegro. Sem ter de se mexer, beneficiou de uma crise absurda no Governo, solucionada de forma ainda mais inusitada pelo primeiro-ministro. Destinado a uma longa travessia no deserto com um Executivo de maioria absoluta, o recém-eleito líder viu subitamente abrirem-se, primeiro com o caos nas urgências e depois com um despacho revogado que recolocou na estaca zero a decisão sobre um novo aeroporto, as possibilidades de expor facilmente as feridas de uma equipa sem brilho em escassos meses de mandato.

Que não haja, ainda assim, ilusões. Não apenas porque António Costa e a sua habilidade política já surpreenderam inúmeras vezes o país e inventaram soluções onde os analistas viam crises, mas sobretudo porque para recolocar o PSD no mapa, o novo líder do partido precisará de muito mais do que aproveitar os erros do primeiro-ministro e a falta de vitalidade de uma equipa que tinha tudo para seguir o caminho simples da estabilidade.

Montenegro precisa de mostrar ideias e apontar alternativas. Tirar soluções novas da cartola. Ouvir o país e os seus problemas, conhecer os próprios militantes, alinhar-se com as dificuldades sentidas pela população. Para não se tornar um partido médio e se reafirmar como distribuidor de jogo à Direita, o PSD tem de encontrar uma voz e um sentido de novidade que perdeu por completo nos últimos anos.

O objetivo não serve apenas o PSD. Interessa ao país, num momento de turbulência que tanto pode ser gerido com inteligência, à luz dos fundos excecionais à disposição e das oportunidades criadas pelas mudanças globais, como pode atirar-nos ainda mais para a cauda da Europa. Politicamente, o risco de autismo do Governo exige uma Oposição atenta e interventiva. Mais do que isso, a criação de futuro faz-se com propostas e projetos que forcem a ação executiva e reforcem o papel do Parlamento. Nos dias que correm, é difícil acreditar quer no Governo, quer na Oposição.

*Diretora

NewsItem [
pubDate=2022-07-03 00:02:00.0
, url=https://www.jn.pt/opiniao/ines-cardoso/a-espera-do-psd-14988645.html
, host=www.jn.pt
, wordCount=232
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2022_07_03_1202335792_a-espera-do-psd
, topics=[inês cardoso, opinião, opiniao]
, sections=[opiniao]
, score=0.000000]