tek.sapo.pttek.sapo.pt - 21 abr 08:38

As sinergias entre a ciência do espaço e a criação de uma economia de inovação mais verde

As sinergias entre a ciência do espaço e a criação de uma economia de inovação mais verde

A tecnologia e ciência que é desenvolvida para o espaço pode também ser usada para ajudar a desenvolver novos sistemas de monitorização na agricultura, tráfego e ambiente. A conferência "...

A conferência é promovida no âmbito da  Presidência Portuguesa do Conselho da União Europeia (PPUE) e decorre hoje e amanhã, em formato online, com uma agenda preenchida por temas relevantes para o debates obre a recolha de dados do espaço e os ecossistemas climáticos, assim como o impacto direto no meio ambiente e na economia.

Entre os oradores contam-se a Comissária Europeia para a Inovação, Marya Gabriel e do Ministro da Ciência português, Manuel Heitor, assim como outros decisores políticos, organizações internacionais, academia, grandes indústrias, PME’s, centros de investigação e sociedade civil, juntando o ecossistema para incentivar o debate aberto sobre as ações climáticas e atividades relacionadas com o espaço.

A inscrição é gratuita e pode ainda ser feita através do site da conferência.

Esta semana o Conselho da UE adotou a sua posição sobre a proposta de regulamento que estabelece o programa espacial da UE para o período de 2021 a 2027, é ainda a primeira leitura e dá sequência ao acordo já alcançado em dezembro com o Parlamento Europeu. Manuel Heitor, ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior reconhece que a União Europeia depende das atividades espaciais para impulsionar o crescimento económico sustentável e a segurança e que o novo programa permitirá que continue a ser competitivo na economia do Novo Espaço e preservar a soberania espacial da Europa.

O regulamento será certamente um dos tópicos de debate na conferência, até porque pretende garantir dados e serviços relacionados com o espaço atualizados, seguros e de elevada qualidade e o reforço do papel da UE como interveniente de primeiro plano no setor espacial.

Entre as metas definidas está a continuidade e melhoria de programas espaciais emblemáticos como o EGNOS, o Galileo e o Copernicus, bem como a monitorização dos perigos do espaço e garantia de acesso das autoridades nacionais a comunicações por satélite seguras (GOVSATCOM).

NewsItem [
pubDate=2021-04-21 07:38:50.0
, url=https://tek.sapo.pt/extras/site-do-dia/artigos/as-sinergias-entre-a-ciencia-do-espaco-e-a-criacao-de-uma-economia-de-inovacao-mais-verde
, host=tek.sapo.pt
, wordCount=302
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2021_04_21_1405705458_as-sinergias-entre-a-ciencia-do-espaco-e-a-criacao-de-uma-economia-de-inovacao-mais-verde
, topics=[clima, tecnologia, espaço, ambiente, conferencia, satélite]
, sections=[ciencia-tecnologia]
, score=0.000000]